Praia da Amália

Escondida na costa alentejana encontra-se a belíssima Praia da Amália, nomeada assim devido a esta se encontrar por baixo da Herdade em que a famosa fadista portuguesa Amália Rodrigues passava as suas férias.

Esta é uma praia escondida e quase deserta, de pequena dimensão com uma pequenita queda de água natural situada ao seu lado esquerdo, já mencionada num dos nossos artigos anteriores, sendo assim uma praia perfeita para relaxar e fugir a outras praias cheias das massas populares.

Devido a esta ser uma praia escondida, o acesso à Praia da Amália não é o mais fácil, no qual a partir de certo ponto terá de libertar o carro e progredir a pé.

Para chegar no seu carro à Praia da Amália se vier na direção de Norte para Sul de Portugal, siga as seguintes indicações, primeiro terá de chegar a uma pequena localização denominada de Brejão, no concelho de Odemira, e seguir na via principal dessa até encontrar um cruzamento, virando à esquerda nesse, siga nessa estrada até encontrar do lado direito uma flor de girassol, vire então à direita para uma estrada de terra batida, ao final dessa terá então de abandonar o seu veículo.

O trajeto a pé depois deste ponto até chegar à praia pode chegar a demorar 10 minutos e é considerado por algumas pessoas difícil, por esta razão, esta praia não é aconselhada a pessoas mais idosas ou com falta de mobilidade, e também é preciso ter atenção a crianças mais jovens, também por estas razões, é aconselhado a que não se desloque a esta praia muito carregado.

Este percurso é envolvido de arbustos e árvores, e passa também por este um pequeno riacho, o que torna este percurso deslumbrante para alguém que seja um amante da natureza e mesmo que não o seja, apesar de este não ser fácil, ao menos estas condições tornam-no um percurso maioritariamente à sombra e com uma aragem refrescante devido ao riacho e à proximidade do oceano.

Mesmo que não seja um completo amante da natureza e não tenha achado o percurso visualmente maravilhoso, certamente vai achar o fim deste, principalmente com o sentimento de realização ao completar o trilho e estar a sair do “mato” com uma paisagem diretamente da encosta para a praia e o mar, não existem palavras para explicar este sentimento que supera o de realização, o qual muitas pessoas dizem que é de cortar a respiração, mas só mesmo o experienciando em pessoa é que o vai conseguir compreender.

Se estiver a passar pela costa vicentina não perca a oportunidade de visitar esta perola escondida no litoral alentejano.

Uma estadia tranquila
Estamos em funcionamento com todas as condições para lhe proporcionar uma estadia tranquila.
SABER MAIS